6/5/21
 
 
Lucros da petrolífera Aramco caem 44,4% em 2020

Lucros da petrolífera Aramco caem 44,4% em 2020

Jornal i 21/03/2021 10:53

A petrolífera apoiada pelo Estado da Arábia Saudita lucrou 49 mil milhões de dólares (41 mil milhões de euros), devido à pandemia da covid-19.

A gigante petrolífera Aramco, apoiada pelo Estado da Arábia Saudita, anunciou este domingo que os seus lucros caíram 44,4% em 2020, para 49 mil milhões de dólares (41 mil milhões de euros). A queda é justificada, sobretudo, pela pandemia da covid-19.

A petrolífera tinha registado lucros de 88,2 mil milhões de dólares (74 mil milhões de euros) em 2019 e 111,1 mil milhões de dólares (93 milhões de euros) em 2018. A Aramaco continua a ser, ainda assim, uma das empresas mais valiosas do mundo.

A Saudi Arabian Oil Co. divulgou os resultados financeiros um ano após a pandemia ter enviado o preço do petróleo para os mínimos de sempre, à medida que as pessoas paravam de se deslocar pelo mundo para conter a propagação do vírus.

Nas últimas semanas, contudo, o preço subiu à medida que as restrições de movimento se atenuam, o comércio aumenta e mais pessoas são vacinadas contra a covid-19. Os analistas advertem que um pico na procura pode ainda estar longe.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×