15/5/21
 
 
Prisão preventiva para jovem suspeito de incendiar a sua casa e matar pai em Penacova

Prisão preventiva para jovem suspeito de incendiar a sua casa e matar pai em Penacova

Jornal i 18/03/2021 20:42

Para além da prisão preventiva, o arguido está proibido de contactar por qualquer meio com as testemunhas.

O Tribunal de Coimbra decretou, esta quinta-feira, prisão preventiva para o jovem de 27 anos suspeito de ter matado o pai num incêndio que o próprio poderá ter ateado, em Penacova, nesta terça-feira.

O jovem está indiciado por vários crimes: homicídio qualificado; profanação de cadáver e incêndio, disse uma fonte do Tribunal de Coimbra à agência Lusa.

Para além da prisão preventiva, o arguido está proibido de contactar por qualquer meio com as testemunhas presentes nos autos, disse a mesma fonte.

O jovem entregou-se às autoridades na terça-feira, depois de as buscas nos destroços da casa, na qual vivia com o pai, terem terminado, em Sazes do Lorvão, no concelho de Penacova.

O cadáver do progenitor foi encontrado durante as operações. Antes de encontrar o arguido vivo, os operacionais ainda realizaram buscas à procura do suposto segundo corpo, vítima do incêndio.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×