9/5/21
 
 
Nove em cada dez portugueses aceitam ser vacinados contra a covid-19

Nove em cada dez portugueses aceitam ser vacinados contra a covid-19

Jornal i 18/03/2021 14:47

Estudo revela ainda que as mulheres se sentem mais afetadas emocionalmente com a pandemia, demonstrado uma maior preocupação em serem infetadas.

O estudo desenvolvido pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) revelou esta quinta-feira que nove em cada dez portugueses estão dispostos a ser vacinados contra a covid-19.

Das quase três mil respostas recebidas ao inquérito realizado entre os meses de dezembro e janeiro, mostrou que 91% das pessoas inquiridas manifestam vontade em ser vacinadas.

Ainda que os resultados sejam promissores os investigadores da FMUP e do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, alertam que a faixa etária da população com menor nível de escolaridade demonstrou não estar disposto a tomar a vacina por receio aos possíveis efeitos secundários.

Uma das autoras do estudo, Rute Sampaio avisa que se torna extremamente importante adaptar o discurso e as mensagens de saúde pública de acordo com as diferentes características da população porque “a eficácia da vacina para se alcançar uma imunização das comunidades está muito dependente da opinião pública e da confiança das pessoas em aderirem a esta terapêutica”.

O estudo revela ainda que as mulheres se sentem mais afetadas emocionalmente com a pandemia, demonstrado uma maior preocupação em serem infetadas.

O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador do plano de vacinação afirmou que neste momento a média de vacinações diárias são cerca de 23 mil e o processo está assente na comunicação dos cidadãos por SMS, dos quais registam uma taxa de sucesso de marcações entre os 50% e 54%. Os restantes utentes são chamados através de marcações diretas pelos centros de saúde, apoiados pelas autarquias. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×