9/5/21
 
 
'Se eu fosse Nina': dos palcos para as telas de streaming

'Se eu fosse Nina': dos palcos para as telas de streaming

Jornal i 16/03/2021 13:57

O Teatro São Luiz tem apresentado um conjunto de espetáculos das mais variadas áreas através da iniciativa São Luiz Em Casa.

'Se Eu Fosse Nina', um espetáculo da iniciativa São Luiz em Casa, ficou disponível na sala virtual do Teatro São Luiz ontem, dia 15 de março, e poderá ser visto até à próxima segunda-feira, dia 22.

A situação pandémica vivida em todo o mundo obrigou o setor cultural a encontrar estratégias para, não só manter postos de trabalho, como também continuar a entreter as pessoas. A migração do palco para ecrãs foi uma das formas de colmatar essa crise do setor. O Teatro São Luiz tem apresentado um conjunto de espetáculos das mais variadas áreas através da iniciativa São Luiz Em Casa. 'Se eu fosse Nina', com dramaturgia de Rita Calçada Bastos e interpretação de Carla Maciel, é uma das sugestões desta semana.

Foi através do trabalho de escrita e dramaturgia da artista Rita Calçada Bastos que se estabeleceu um diálogo de suposições e conjeturas entre uma Nina. A criadora uniu o seu próprio imaginário com os textos 'A Gaivota', de Anton Tchekov, e 'Os Apontamentos de Trigorin', de Tennessee Williams, que resultou num espetáculo que reflete, através de um monólogo, o limite entre a ficção teatral e a realidade, o universo de escolhas e a sua consequência prática e as próprias camadas de representação: uma personagem que está presa no teatro e uma atriz que a quer salvar.

“O que teria acontecido a Nina, se não tivesse ido viver para Moscovo, para um quarto de hotel entregue aos delírios da paixão por Trigorin? De que forma as nossas escolhas influenciam o lugar onde estamos?”, interroga-se a criadora.

É aqui que começa o delírio da personagem, da atriz, da escrita e da própria dramaturgia de Rita Calçada Bastos. A realidade destes tempos de pandemia que se cruza com clássicos do teatro reescritos para este lugar, o teatro. Um espetáculo com uma única atriz em palco que atua em várias conversas sem que nos apercebamos de quem está a falar. Todas as noites esta mulher está no teatro e espera que todos saiam para iniciar o espetáculo para uma sala vazia - no fundo como estão agora.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×