16/6/21
 
 
Infarmed não vai alterar recomendações para administração da vacina da AstraZeneca

Infarmed não vai alterar recomendações para administração da vacina da AstraZeneca

AFP Jornal i 11/03/2021 17:57

Segundo os "resultados preliminares", não existe uma "relação causal entre a administração desta vacina" e o aumento do risco de coagulação sanguínea nas pessoas vacinadas com o fármaco da AstraZeneca. 

O Infarmed vai manter as recomendações para a administração da vacina contra a covid-19 da farmacêutica AstraZeneca, após vários países europeus terem suspendido a admnistração do fármaco ou o uso específico de um lote desta vacina como medida de precaução, enquanto decorre uma investigação sobre a notificação de reações adversas relacionadas com a formação de coágulos sanguíneos em pessoas que receberam a vacina.

No comunicado publicado esta quinta-feira, o Infarmed indica que, segundo os "resultados preliminares", não existe uma "relação causal entre a administração desta vacina" e o aumento do risco de coagulação sanguínea nas pessoas vacinadas com o fármaco da AstraZeneca. 

Tal como a Agência Europeia do Medicamento (EMA), também o Infarmed sublinha que os benefícios do uso da vacina contra o novo coronavírus da AstraZeneca "mantêm-se superiores ao risco", excluindo a necessidade de alterar às recomendações sobre o seu uso. 

A EMA assegura que as informações disponíveis, até ao momento, indicam que o número de tromboembolias em pessoas vacinadas contra a covid-19 não é superior ao verificado no resto da população. 

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×