26/7/21
 
 
Itália, Islândia e Noruega juntam-se à lista de países que suspenderam vacinação com fármaco da AstraZeneca

Itália, Islândia e Noruega juntam-se à lista de países que suspenderam vacinação com fármaco da AstraZeneca

Jornal i 11/03/2021 16:25

No total são já nove os países europeus que optaram por suspender temporariamente a vacinação com o fármaco da AstraZeneca ou de um lote específico. Itália, Islândia e Noruega juntam-se à Áustria, Estónia, Lituânia, Luxemburgo, Letónia e Dinamarca. 

Islândia, Itália e Noruega juntam-se à lista de seis países europeus que suspenderam a toma da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca, após terem sido registados problemas de coagulação em pessoas inoculadas com o fármaco em vários países. No caso de Itália, a suspensão será apenas de um lote específico, já a Islândia e a Noruega optaram por suspender a vacinação temporariamente. 

Em Itália, a decisão de suspender a administração de vacinas do lote ABV2856 surge "por precaução", explica a Agência de Medicamentos Italiana (AIFA), após o registo de problemas de saúde detetados noutros países. No entanto, enfatiza que ainda "não foi estabelecido algum nexo causal entre a administração da vacina e esses eventos". O Instituto Nacional de Saúde italiano irá analisar amostras desse lote. 

Na Islândia também ainda não foram registados casos de problemas de coagulação, mas as autoridades "recomendam a suspensão temporal das vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca enquanto a Agência Europeia do Medicamento analisa a possível relação entre as vacinações com esta vacina e os coágulos de sangue", lê-se num comunicado do Ministério da Saúde islandês. "Como se tem registado casos em vários países e a sua investigação ainda não está concluída, deve-se esperar vários dias até continuarmos a utilizar a vacina". 

Na Noruega, Geir Bukholm, do Instituto Nacional de Saúde Pública, também afirma que o país está "à espera de informações, para ver se existe uma relação entre a vacinação e os casos de coágulos" tendo sido feita "uma pausa na vacinação com a Oxford/AstraZeneca". Apesar de não existir qualquer registo na Noruega, Bukholm afirma que este "é o princípio da precaução".

No total são já nove os países europeus que optaram por suspender temporariamente a vacinação com o fármaco da AstraZeneca ou de um lote específico. Itália, Islândia e Noruega juntam-se à Áustria, Estónia, Lituânia, Luxemburgo, Letónia e Dinamarca. 

A Áustria foi o primeiro país a suspender a administração deste lote, em específico, depois de uma pessoa morrer devido a problemas graves na coagulação sanguínea e de três pessoas desenvolverem uma embolia pulmonar após a inoculação da vacina.

O lote ABV5300 foi distribuído a 17 Estados-membros e é composto por um milhão de doses.

Esta quinta-feira, a Agência Europeia do Medicamento garantiu à agência de notícias EFE que já estão a ser estudados os relatórios sobre os problemas de coagulação e que irá emitir conselhos "hoje ou sexta-feira" na União Europeia.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×