24/9/21
 
 
Registaram-se 22 casos de trombose na UE após toma da vacina da AstraZeneca

Registaram-se 22 casos de trombose na UE após toma da vacina da AstraZeneca

AFP Jornal i 11/03/2021 13:29

Regulador europeu rejeita relação causal entre estes casos e a toma da vacina.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) revelou, esta quinta-feira, que, entre o universo de três milhões de pessoas que receberam a vacina da AstraZeneca contra a covid-19 na Europa, registaram-se 22 casos de trombose.

De realçar que pelo menos seis países já suspenderam a administração desta vacina ou de um lote em específico, devido a vários casos de trombose diagnosticados em pessoas que receberam o fármaco. Contudo, a EMA rejeita a relação entre a administração desta vacina e o risco de eventos tromboembólicos.

“Os benefícios da utilização da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca mantêm-se superiores ao risco, não havendo qualquer alteração às recomendações da sua utilização", explica o regulador europeu.

"Neste momento ainda não se pode concluir que haja uma ligação entre a vacina e a formação dos coágulos sanguíneos", lê-se. "As informações disponíveis até ao momento indicam que o número de tromboembolias em pessoas vacinadas não é superior ao observado em toda a população”, acrescentou. 

Recorde-se que a Áustria foi o primeiro país a suspender a administração do lote ABV5300 da vacina AstraZeneca, em específico, depois de uma pessoa morrer devido a problemas graves na coagulação sanguínea e de três pessoas desenvolverem uma embolia pulmonar após a inoculação da vacina.

O lote ABV5300 foi distribuído a 17 Estados-membros e é composto por um milhão de doses.

O Infarmed já tinha informado que o lote em questão não é utilizado em Portugal, mas que estava a acompanhar a situação.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×