9/5/21
 
 
Casos ativos de coronavírus descem há mais de um mês

Casos ativos de coronavírus descem há mais de um mês

Jornal i 08/03/2021 08:15

Governo aprovou, domingo, despesa de 19,8 milhões de euros para testes nas escolas e creches públicas.

Portugal registou, este domingo, 682 casos do novo coronavírus e 28 vítimas mortais. De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), há menos 312 casos ativos no país, fazendo um total de 61 987 casos – um número que está a descer há 35 dias. Mas ao contrário do que se tem verificado nas últimas semanas, o Norte ultrapassou Lisboa e Vale do Tejo ao ser a região com o maior número de novos casos: 207 nas últimas 24 horas.

Segue-se depois Lisboa e Vale do Tejo com 180 contágios, o Centro com 100, o Algarve com 32 e o Alentejo com 29.

No arquipélago da Madeira há mais 133 casos mas, segundo aponta uma nota do boletim, “88% dos casos teve um período entre o diagnóstico e notificação superior a 48 horas, decorrente de intercorrências informáticas de um laboratório na região e que se encontram em processo de regularização”. Já no arquipélago dos Açores há apenas um novo caso.

Óbitos Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região com o maior número de mortes: mais 13. Seguem-se o Norte e o Centro com seis e o Alentejo com uma. Na Madeira há o registo de duas vítimas mortais.

O número de internados continua a descer e estão agora a receber tratamento hospitalar 1414 doentes covid, menos dois face ao dia anterior. Em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) estão 354 doentes, menos nove face ao último balanço.

Testes rápidos nas escolas Entretanto, o Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma despesa de até 19,8 milhões de euros para a aquisição de testes rápidos de antigénio nas escolas e creches públicas. O plano de desconfinamento só será apresentado na próxima quinta-feira, dia 11 de março, mas deverá começar pela abertura de estabelecimentos de ensino.

O Governo explicou que “pretende preparar a reabertura gradual e sustentada das atividades presenciais, dando continuidade à implementação da Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2 2020, disse, em comunicado.

Recorde-se que, no sábado passado, o Nascer do SOL noticiou que depois das prateleiras com máscaras e álcool-gel, chegou a vez dos testes à covid-19 estarem à venda no supermercado. Mas para já, só na Alemanha, depois de o regulador de medicamentos e dispositivos médicos do país ter aprovado três marcas de auto testes nas últimas semanas. Segundo a imprensa alemã, a cadeia Aldi é a primeira a disponibilizar auto testes.

Nas últimas 24 horas mais 966 pessoas venceram a doença, elevando para 731 567 o total de recuperados desde o início da pandemia. Portugal já registou, desde o início da pandemia, em março de 2020, 810 094 contágios e 16 540 pessoas morreram devido a complicações associadas à covid-19. As autoridades de saúde têm 25 513 contactos em vigilância.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×