20/4/21
 
 
Fórmula 1 regressa a Portugal

Fórmula 1 regressa a Portugal

José Miguel Pires 06/03/2021 19:37

A maior competição mundial do desporto automóvel está de volta ao Algarve, entre 30 de abril e 2 de maio. Nas bancadas, ainda não se sabe se haverá ou não público.

É oficial: Portugal vai novamente integrar o calendário da Fórmula 1, logo na terceira corrida, após as passagens do campeonato pelo Bahrain e por Itália.

Os motores vão voltar a rugir no Autódromo Internacional do Algarve, após o sucesso da corrida do ano passado, que viu Lewis Hamilton alcançar a sua 92.ª vitória, igualando Michael Schumacher. No fim de semana de 30 de abril a 2 de maio, o campeonato mundial vai regressar a Portimão, vivendo da experiência positiva que se fez sentir nesse circuito, no ano anterior. «Depois de anunciarmos em fevereiro a intenção de preencher uma vaga no calendário de 2021 com uma corrida em Portugal, a Fórmula 1 pode hoje confirmar que Portimão irá receber o Grande Prémio a 2 de maio», pode-se ler em comunicado oficial da competição, que relembrou ainda que, em outubro do ano passado, «a Fórmula 1 voltou a Portugal pela primeira vez em 25 anos, com um entusiasmante Grande Prémio». O entusiasmo da corrida, no entanto, deveu-se em grande parte aos 27 mil fãs que se encontravam presentes no Autódromo Internacional do Algarve, o que coloca nesta notícia um travo amargo. A decisão sobre a presença de fãs nas bancadas ainda está por ser tomada, mas, garante a organização ainda em comunicado, «a Fórmula 1 está a trabalhar de forma próxima com o promotor e Governo português a propósito do público».

A informação ressoa com as declarações de Ni Amorim, presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), que, em declarações à Lusa, confessou que trabalhou «juntamente com o Governo, em articulação com o  Autódromo Internacional do Algarve (AIA), para que se pudessem reunir condições para haver Grande Prémio em 2021», e que «o mais difícil está feito». «Agora é importante reunir as condições para ter público. Portugal está numa situação económica difícil e eventos como a Fórmula 1 serão muito importantes para uma região que vive do turismo», realçou ainda. Amorim mostra-se ainda otimista sobre a manutenção do evento no calendário regular da competição, defendendo não haver «nenhuma razão para que nos anos seguintes Portugal não possa fazer parte do calendário».

O evento tem um forte impacto no setor do turismo, que tem sofrido fortemente com a pandemia da covid-19. Rita Marques, secretária de Estado do Turismo, não escondeu o seu entusiasmo com o regresso do evento a Portugal. «A realização de grandes eventos no nosso país é muito importante para a imagem e promoção internacional de Portugal como destino turístico, pelo que é com muito interesse que assistimos ao regresso da Fórmula 1 ao Algarve em 2021», referiu.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×