7/12/21
 
 
Lucros da Jerónimo Martins caem 19,9% para 312 milhões em 2020

Lucros da Jerónimo Martins caem 19,9% para 312 milhões em 2020

Jornal i 03/03/2021 19:17

Numa nota enviada à CMVM, a administração confirma que, ainda assim, vai propor o pagamento de um dividendo bruto de 28,8 cêntimos por ação, exceto ações próprias em carteira, num montante total de 181 milhões de euros (payout de 50%). 

A Jerónimo Martins, dona da dos supermercados Pingo Doce, anunciou lucros de 312 milhões de euros em 2020, uma queda de 19,9% em comparação com os números do ano anterior. Embora as vendas tenham aumentado (+3,5% para os 19,3 mil milhões), a empresa explica os resultados com o facto de ter sido forçada a um “investimento acrescido” para mitigar o impacto da pandemia.

Numa nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a administração confirma que, ainda assim, vai propor o pagamento de um dividendo bruto de 28,8 cêntimos por ação, exceto ações próprias em carteira, num montante total de 181 milhões de euros (payout de 50%). 

O grupo diz-se “bem preparado” para mais um ano de “desafios”, mantendo uma “inquestionável solidez de balanço”. “Entrámos em 2021 com a confiança renovada na capacidade de cada insígnia antecipar os impactos da crise pandémica que continua, e continuará, a marcar o contexto operacional, com maior intensidade na primeira metade do ano”, lê-se na mensagem assinada pelo presidente e administrador delegado da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×