20/4/21
 
 
Casale. A estrela branca que nasceu por entre as flores mais coloridas

Casale. A estrela branca que nasceu por entre as flores mais coloridas

Afonso de Melo 02/03/2021 16:15

Hoje disputa o quarto escalão do futebol italiano. Na época de 1913-14 foi campeão, único título que conquistou durante a sua existência.

É, certamente, para quem desliza os olhos pela lista dos campeões de Itália de futebol, o nome mais misterioso e mais fascinante: por entre Juventus, Inter ou Milan, está lá igualmente o Football Club Casale, e é provável que muitos nunca tenham ouvido falado dele. Em 1913-14, a época do futebol italiano tinha início já sob a sombra da I Grande Guerra.

Fundado em Dezembro de 1905, em Casale Monferrato, uma pequena comunidade do Piemonte, o FC Casale nasceu da súbita vontade de um professor chamado Rafaelle Jaffe, especializado em química e ciências naturais, de ascendência judia, algo que lhe valeu ficar feito em cinzas, em Aushwitz, em 1944. A história tem algo de bucólica: anda mestre Jaffe num passeio domingueiro, processando oxigénio e encantando-se com a abundância de papoilas e crisântemos num campo próximo de sua casa nas margens do Pó, quando deparou com um grupo de seus alunos bem festivos e eufóricos. Iam de longada até Caresana, ali vizinha, assistir a um jogo de futebol no qual participava a equipa mais popular das vizinhanças, o Pro Vercelli. Deixou-se convencer a ir também e, no regresso, juntamente com os líderes da rapaziada, os irmãos Cavasonza e Gallina, já debatiam as bases do clube que iriam criar para se transformar no grande rival do Vercelli. Fervilhavam de ideias.

Num abrir e fechar de olhos, os alunos do Instituto Tecnico Leardi di Casale Monferrato tinham posto mãos à obra. O clube era de tal forma anti-Vercelli que, contra as camisolas brancas dos adversários, apresentara-se com camisolas negras com uma estrela branca ao peito. Acrescente-se que essa rivalidade vinha da noite dos tempos, desde esse ano maldito de 1215 em que Casale foi consumida por um incêndio de enormes proporções alimentado por uma milícia de inimigos vindos de Vercelli.

O cometa. Foi com uma facilidade espantosa que mestre Jaffe reuniu em seu redor uma série de jogadores de qualidades físicas e intelectuais que merecia todo o seu profundo orgulho. Uns anos após a fundação, venceram os ingleses do Reading, uma proeza considerada como das mais belas do clube, não fosse esse triunfo conquistado contra os inventores do jogo.

Quando abriu a época de 1913-14, já o rol de campeões italianos contava com os nomes de Génova (6 títulos), Milan (3), Inter (1) e Pro Vercelli (5, sendo que tinha conquistado os três últimos scudetti). “Chi era l’allenatore? Nessuno. Facevamo tutto fra noi, e la formazione la decideva il capitano Barbesino”, contou nas suas memórias Giovanni Belinotti, um dos heróis dessa época mágica. O público não faltava no Campo Priocco e, quando era o momento de jogar fora de casa, centenas de pessoas seguiam os seus jogadores de bicicleta enquanto estes viajavam de autocarro – segunda classe. Barbesino, o capitão, morreria em combate na II Grande Guerra. Era uma daquelas figuras inquebrantáveis ao redor das quais se juntam os mais valentes.

Hoje, o Casale joga na equivalente à quarta divisão de Itália. Nessa época, depois de ter ultrapassado a Fase Regional, juntamente com o Génova (deixando o Pro-Vercelli de fora), disputou a fase nacional que decidia, em dois grupos, os primeiros quatro que jogariam as meias-finais e a final. O scudetto resolveu-se numa final a duas mãos entre o Casale e a Lazio. Em casa, os rapazes da estrela branca perpetraram uma carnificina: 7-1. Na segunda volta, em Roma, no dia 12 de Julho, entraram para sempre na história que contempla os campeões: voltaram a vencer, desta vez por 2-0, e transformaram Casale Monferrato na capital do futebol italiano.

Talvez outra história quase medieval como esta não possa repetir-se. Mas vale a pena não esquecê-la.

Nem o Casale nem o próprio futebol o merecem...

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×