12/4/21
 
 
Brigadas de Intervenção Rápida para lares foram ativadas 431 vezes desde a sua criação

Brigadas de Intervenção Rápida para lares foram ativadas 431 vezes desde a sua criação

Raquel Wise Jornal i 24/02/2021 12:46

Na segunda quinzena de janeiro houve grande dificuldade em ativar as brigadas e devido à falta de voluntários foi preciso recorrer a militares na reserva e na reforma.

As Brigadas de Intervenção Rápida (BIR) foram ativadas 431 vezes desde outubro, mês em que começaram a funcionar, de acordo com o último relatório do estado de emergência, que foi entregue na terça-feira na Assembleia da República.

O documento revela que se registou uma forte pressão nos lares e noutras estruturas residenciais para idosos, durante a segunda quinzena de janeiro, sobretudo na região Centro.

Nesse período, terá havido, segundo o relatório, uma grande dificuldade em ativar as brigadas e devido à falta de voluntários foi preciso recorrer a militares na reserva e na reforma, e aos respetivos familiares.

Sublinhe-se que as Brigadas de Intervenção Rápida foram criadas para atuar em casos de surtos de covid-19 em lares de idosos. As equipas nasceram de um protocolo entre a Segurança Social e a Cruz Vermelha e são compostas por pessoal de ação direta, auxiliares, enfermeiros, psicólogos e médicos.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×