4/3/21
 
 
MP abre inquérito após queixa de ataque racista em sessão virtual de estudantes do Liceu Camões

MP abre inquérito após queixa de ataque racista em sessão virtual de estudantes do Liceu Camões

José Sérgio Jornal i 23/02/2021 19:47

A Polícia Judiciária está a investigar o caso e a direção do Liceu Camões também está a procurar soluções para que estas situações não possam voltar a acontecer.

O Ministério Público confirmou, esta terça-feira, a abertura de um inquérito em relação a uma queixa apresentada sobre os ataques racistas e neonazis durante uma sessão virtual sobre racismo organizada pela associação de estudantes do Liceu Camões, em Lisboa.

“Confirma-se a instauração de inquérito na sequencia de uma queixa recebida. Este inquérito é dirigido pelo Ministério Público do DIAP de Lisboa”, revelou a Procuradoria-Geral da República à agência Lusa.

A direção do liceu lisboeta apresentou hoje queixa depois de a sessão virtual ter sido atacada por vários anónimos que introduziram imagens racistas, como imagens de suásticas ou de pessoas negras a ser agredidas, ao mesmo tempo, que colocavam áudios, em inglês, nos quais foi possível ouvir frases como “preto volta para África” ou sons a imitar macacos, segundo a noticia avançada pelo jornal Público.

A Polícia Judiciária está a investigar o caso e a direção do Liceu Camões também está a procurar soluções para que estas situações não voltem a acontecer.

O professor de Design da Universidade de Coimbra, Nuno Coelho, estava a participar na sessão de Zoom e, de acordo com o Público, também apresentou queixa ao Ministério Público e à Comissão pela Igualdade e Contra a Discriminação Racial.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×