14/4/21
 
 
Premier. Wolverhampton uiva ao 11.º lugar

Premier. Wolverhampton uiva ao 11.º lugar

AFP José Miguel Pires 19/02/2021 18:15

Os ‘lobos’ de Nuno Espírito Santo recebem o Leeds e podem subir na tabela classificativa. A 25.ª jornada coloca também frente a frente Manchester City e Arsenal.

O Wolverhampton Wanderers, treinado por Nuno Espírito Santo, deu a volta ao marcador na partida frente ao Southampton, na jornada passada, com golos de Rúben Neves e Pedro Neto, e acabou por arrecadar a segunda vitória nas últimas onze partidas, um histórico que coloca os ‘lobos’ em 12.º lugar na tabela classificativa da Premier League.

Para a 25.ª jornada, Nuno Espírito Santo recebe o Leeds United, que, com um jogo em falta, está a uns curtos dois pontos de distância, no degrau seguinte da tabela. Os ‘lobos’ têm fome de pontos e de vitórias, e, portanto, a partida frente ao Leeds deverá ver a equipa – que conta com uma significativa percentagem de jogadores portugueses, entre eles João Moutinho, Rui Patrício, Rúben Neves e Pedro Neto – procurar conseguir a segunda vitória seguida na liga, o que poderia aproximar os tão desejados lugares da tabela que dão acesso às ligas europeias

O Leeds United, onde joga também o internacional português Hélder Costa, sofreu uma pesada derrota com o Arsenal na jornada anterior. Apesar de ter ainda conseguido reduzir a distância nos últimos minutos de jogo, os gunners venceram mesmo o Leeds por quatro bolas a duas, e empurraram a equipa para o 11.º lugar da tabela classificativa. A derrota caiu mal, e poderá levar o Leeds a procurar no confronto com o Wolverhampton uma oportunidade de redenção, até porque a última vez que estas duas equipas se enfrentaram, foram os ‘lobos’ que saíram vitoriosos, com o um golo de Raúl Jiménez.

O espanhol, no entanto, não poderá jogar contra o Leeds, bem como Daniel Podence e Willy Boly. Do lado dos Whites, no entanto, a lista de jogadores ausentes é maior, não podendo o técnico Marcelo Bielsa contar com Diego Llorente, Gaetano Berardi, Rodrigo Moreno, Adam Forshaw, Ian Poveda e Robin Koch.

DUELO DE TITÃS EM MANCHESTER O Manchester City recebe, no sábado, o Arsenal, que apesar de estar a 22 pontos de distância, figura sempre como um dos adversários a respeitar na liga inglesa, e a vitória na jornada passada frente ao Leeds por quatro bolas a duas é um bom presságio. Os citizens, no entanto, estão no pináculo da sua temporada, com um recorde de 17 vitórias seguidas - 12 das quais na liga -, após bater o Everton por três bolas a uma na passada jornada da Premier League.

A equipa, onde militam os portugueses João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva, enfrenta o Arsenal de Mikel Arteta, que, apesar da passagem perfeita pela fase de grupos da Liga Europa, não teve os mesmos resultados no campeonato inglês, onde figura a meio da tabela classificativa. Os 22 pontos de diferença auguram um grande favorito, especialmente tomando em conta que, dos últimos oito confrontos entre estas duas equipas, o Arsenal apenas conseguiu vencer um, no verão de 2020.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×