9/5/21
 
 
Esconder viagens de destinos como Portugal no Reino Unido pode levar até dez anos de prisão

Esconder viagens de destinos como Portugal no Reino Unido pode levar até dez anos de prisão

Jornal i 10/02/2021 15:20

Novas medidas entram em vigor na segunda-feira. 

O Reino Unido continua a endurecer as medidas para combater a covid-19. Agora, os turistas e residentes que cheguem ao país e tentem contornar a medida do Governo britânico de quarentena obrigatória poderão ser multados até 10 mil libras, mais de 11 mil euros, e arriscam uma pena de prisão até dez anos. 

De realçar que as pessoas que cheguem ao Reino Unido de Portugal ou de um dos outros 32 destinos que fazem parte da “lista vermelha” do país, têm de pagar até dois mil euros para fazer a quarentena obrigatória de dez dias decretada pelo Governo britânico, num dos hotéis designados pelo executivo. Quem violar estas regras incorre agora numa multa que pode ir das 1000 às 10.000 libras, cerca de 1140 a 11.400 euros. Também as pessoas que omitam nos formulários de passageiros que estiveram num dos 33 países considerados de risco estão sujeitas a pena de prisão até dez anos.

Estas novas medidas, que entram em vigor na segunda-feira, foram anunciadas pelo ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancok.

"Não peço desculpa pela robustez destas medidas porque estamos a lidar com uma das maiores ameaças à saúde pública que enfrentámos como país”, disse o governante, no parlamento. 

Todos as pessoas que cheguem ao Reino Unido vindos de outros países têm também de apresentar um teste com resultado negativo, que terá de ser realizado, pelo menos, 72 horas antes do embarque. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×