5/12/21
 
 
Aulas por televisão sempre arrancaram

Aulas por televisão sempre arrancaram

Bruno Gonçalves Jornal i 08/02/2021 10:13

Operadoras desbloquearam canais de televisão. Aulas serão prestadas através do serviço de Televisão Digital Terrestre, na posição 8 em Portugal continental e 9 nas regiões autónomas dos Acores e Madeira. No serviço de televisão por cabo, o canal será o 444.

Depois de as operadoras terem alertado que as aulas para os alunos do ensino secundário estavam comprometidas por ainda não terem visto o contrato assinado entre o Governo e a Apritel, o canal 444 da televisão por cabo começou a funcionar às 09h30 desta segunda-feira sem quaisquer constrangimentos.

De realçar que o i tinha avançado este domingo que as aulas poderiam estar comprometidas, uma vez que as operadoras desconheciam o contrato assinado entre o executivo e a Apritel, associação que representa as operadoras no que diz respeito à sua transmissão. Contudo, na manhã desta segunda-feira, as aulas começaram a ser transmitidas através do canal 444, no serviço de televisão por cabo, pelas 09h30, apenas meia hora depois do previsto, mostrando que as operadoras desbloquearam os canais de televisão. O i sabe que o contrato foi assinado esta madrugada.

Recorde-se que as aulas serão ainda prestadas através do serviço de Televisão Digital Terrestre, na posição 8 em Portugal continental e 9 nas regiões autónomas dos Açores e Madeira. Esta foi a solução encontrada pelo Governo para combater as desigualdades, uma vez que, nem todos os alunos têm computadores e internet em casa.

"Num momento em que, por força da pandemia, é necessário voltar ao ensino a distância, ter redundância na disponibilização de recursos pedagógicos é especialmente relevante. Resultado da parceria do Ministério da Educação (ME) com a RTP, o #EstudoEmCasa nasceu em abril do ano passado, como complemento ao ensino a distância, ao qual foi decidido recorrer, por conta da situação epidemiológica vivida", disse, o Ministério da Educação em comunicado.

Segundo a tutela, este é um novo passo."Na perspetiva de proporcionar um acesso universal, os conteúdos relativos ao Ensino Secundário veem a sua distribuição alargada à televisão, à semelhança do que acontece no Ensino Básico. Deste modo, o #EstudoEmCasa passa a estar disponível na televisão, do 1.º ao 12.º anos de escolaridade, de segunda a sexta-feira, com a função de reforçar as aprendizagens num contexto síncrono e/ou assíncrono, quer para o trabalho autónomo dos alunos, quer para o enriquecimento dos recursos didáticos dos professores, cumprindo-se a maior parte das componentes curriculares dos cursos científico-humanísticos (do 10.º ao 12.º ano) e dos cursos profissionais (do 1.º ao 3.º ano). Os 15 blocos pedagógicos temáticos diários do Ensino Básico são transmitidos na RTP Memória e os 15 do Ensino Secundário através das posições referidas, das 09h00 às 16h30, com interpretação em língua gestual portuguesa (no caso do Secundário a grelha diária é repetida a partir das 16h30)".

Ler Mais


×

Pesquise no i

×