7/3/21
 
 
AHRESP pede que forças de segurança não prejudiquem funcionamento de estabelecimentos

AHRESP pede que forças de segurança não prejudiquem funcionamento de estabelecimentos

Jornal i 25/01/2021 19:39

Associação diz que ação das forças de segurança “tem feito com que muitos estabelecimentos, perante a incerteza gerada, optem por não funcionar”.

A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou esta segunda-feira para que as forças de segurança, particularmente a GNR e a PSP, não prejudiquem o trabalho dos estabelecimentos de restauração e similares nas modalidades de take away e entrega ao domicílio.

“A ação das forças de segurança tem feito com que muitos estabelecimentos, perante a incerteza gerada, optem por não funcionar, com todos os prejuízos que isso acarreta, quer para os próprios, quer para a nossa economia”, lamenta a associação.

A AHRESP relembra ainda que estes estabelecimentos podem funcionar de acordo com o horário de funcionamento para o qual se encontram autorizados, acrescentando que, nas modalidades de venda permitidas, “podem praticar os seus horários normais, isto é, os horários que - dentro dos limites aplicáveis em função do município em que se localizem - praticariam se nunca tivessem existido limitações especiais resultantes das medidas de combate à doença covid-19”.

Nesse sentido, a associação esclarece que os espaços não estão sujeitos à obrigatoriedade de encerramento às 20h durante a semana ou às 13h aos fins de semana e feriados.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×