2/3/21
 
 
João Ferreira discursa no Rossio e defende que trabalhadores "têm de ser cuidados e valorizados"

João Ferreira discursa no Rossio e defende que trabalhadores "têm de ser cuidados e valorizados"

Jornal i 22/01/2021 21:19

O candidato aproveitou para apelar ao voto, considerando que o desfecho da noite eleitoral de domingo vai mesmo definir a forma como a pandemia vai continuar a ser travada daqui para a frente.

No Rossio, coração de Lisboa, João Ferreira, o candidato comunista à presidência da república, discursou para uma plateia espalhada (e distanciada) pela praça, com Jerónimo de Sousa, líder do PCP, ao seu lado.

O candidato aproveitou para apelar ao voto, considerando que o desfecho da noite eleitoral de domingo vai mesmo definir a forma como a pandemia vai continuar a ser travada daqui para a frente. “É importante votar, pois disso vai depender como vamos enfrentar o que resta desta pandemia”, disse, acrescentando que “será a determinante a escolha que fizermos no domingo, se será para lutar pela defesa de um serviço nacional de saúde gratuito e universal ou para permitir que este veja os seus recursos desviados".

João Ferreira destacou ainda a forma como a sua candidatura visa colocar as pessoas no topo das prioridades, em particular os trabalhadores: “O voto vai pesar na valorização que se fizer, ou não, dos que provaram ser imprescindíveis. Os trabalhadores que não se podem confinar e que asseguram que o país continua a funcionar”, em prol da comunidade. O candidato comunista considera que estes trabalhadores “têm de ser cuidados e valorizados”, enumerando os direitos a um salário e horários dignos, mas também vida familiar, lazer e cultura.

O encerramento da campanha está marcado para as 22h00 no Cinema São Jorge, onde haverá intervenções, música e a transmissão de uma mensagem de Jerónimo de Sousa, iniciativa que será transmitida online nas plataformas da candidatura.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×