2/3/21
 
 
Porto. Câmara encerrou parques municipais murados, parques infantis e cemitérios

Porto. Câmara encerrou parques municipais murados, parques infantis e cemitérios

Dreamstime Jornal i 20/01/2021 11:10

Medidas da autarquia surgem na sequência do pedido do Governo para que os municípios limitem o acesso dos cidadãos a espaços públicos onde pode existir uma grande concentração de pessoas.

A partir desta quarta-feira, todos os parques municipais murados, parques infantis e cemitérios estarão encerrados no Porto, de forma a evitar a aglomeração de pessoas em espaços públicos.

Numa nota partilhada no seu site oficial, a Câmara do Porto informa que a Proteção Civil Municipal encerrou durante a noite os portões de todos os espaços verdes murados da cidade: o Jardim das Virtudes, o Jardim de São Lázaro (Jardim Marques de Oliveira), o Jardim de São Roque, o Jardim do Covelo, a Quinta de Bonjóia, os Jardins do Palácio de Cristal e o Parque da Pasteleira.

A autarquia decidiu ainda encerrar os parques infantis, colocando no local painéis de interdição e vedação com fita, bem como os cemitérios do Prado do Repouso e de Agramonte, que irão abrir portas apenas para funerais.

Já nos jardins e praças serão colocadas barreiras de mitigação, com painéis de sensibilização, de forma a lembrar os cidadãos de que não podem permanecer no seu interior. O mesmo acontece nas avenidas atlânticas e ribeirinhas, bem como nos dois grandes parques urbanos: Parque da Cidade e Parque Oriental. Os bancos de jardim irão ter fitas para indicar a proibição do assento.

A câmara decidiu ainda desativar todas as casas de banho municipais e a Polícia Municipal vai voltar a difundir mensagens como “Fique em casa” e “Previna o contágio”.

De realçar que as medidas da autarquia do Porto surgem na sequência do pedido do Governo para que os municípios limitem o acesso dos cidadãos a espaços públicos onde pode existir uma grande concentração de pessoas.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×