4/3/21
 
 
Festa de Natal provoca mais de 50 infetados e quatro mortes em aldeia de Arganil

Festa de Natal provoca mais de 50 infetados e quatro mortes em aldeia de Arganil

Patrícia de Melo Moreira/AFP Jornal i 18/01/2021 13:54

Mais de 50 pessoas ficaram infetadas e quatro morreram na sequência de um surto de covid-19 na aldeia do Maladão, que “representa quase metade dos casos ativos do concelho” de Arganil.  

 

Um convívio de Natal provocou um surto com mais de 50 pessoas infetadas no Maladão, uma pequena aldeia que tem entre 150 a 180 residentes, situada no concelho de Arganil, distrito de Coimbra. Quatro idosos faleceram. A notícia foi avançada esta segunda-feira pelo jornal Diário As Beiras. 

Um “ajuntamento social, evento social, com almoço ou jantar, com grande número de pessoas, por altura do Natal” terá estado na origem do surto de covid-19, explicou Luís Paulo Costa, presidente da Câmara Municipal de Arganil, ao jornal. De acordo com outra fonte, o convívio terá ocorrido num estabelecimento comercial. 

O surto infetou mais de 50 residentes da aldeia e quatro idosos, com outras doenças, morreram. Segundo Luís Paulo Costa, há ainda pessoas hospitalizadas e a incidência de covid-19 na aldeia “é muito significativa e representa quase metade dos casos ativos do concelho”.  

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico do Município de Arganil, publicado a 15 de janeiro, o concelho conta com 181 casos ativos. Desde o início da pandemia, foram registados 344 casos do novo coronavírus, dos quais 156 recuperaram, e sete vítimas mortais.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×