18/6/21
 
 
ANA diz estar a fazer o possível para dar "as melhores condições" a passageiros retidos

ANA diz estar a fazer o possível para dar "as melhores condições" a passageiros retidos

Jornal i 17/01/2021 18:11

Portugal prorrogou até final do mês de janeiro as medidas restritivas relativas ao tráfego aéreo de fora da União Europeia (UE) e do Espaço Schengen, que continua limitado a “viagens essenciais” e sujeito a teste prévio negativo à covid-19.

A ANA Aeroportos de Portugal disse que está a disponibilizar “as melhores condições possíveis” aos passageiros retidos no aeroporto de Lisboa enquanto aguardam o resultado de testes à covid-19, cujo caso foi conhecido no sábado.

Passageiros provenientes de voos de Cabo Verde, que chegaram a Lisboa no sábado, ficaram retidos no aeroporto da capital portuguesa à espera do resultado de testes à doença covid-19 realizados à chegada, sem terem sido previamente avisados de que tal iria acontecer, segundo relatou à agência Lusa um cidadão, vindo da cidade da Praia, que preferiu não ser identificado.

“Sendo o bem-estar dos passageiros uma preocupação, perante estas circunstâncias, a ANA disponibilizou as melhores condições possíveis a uma situação desta natureza”, respondeu a empresa gestora dos aeroportos nacionais, numa declaração por escrito, quando questionada hoje pela agência Lusa sobre esta situação.

Portugal prorrogou até final do mês de janeiro as medidas restritivas relativas ao tráfego aéreo de fora da União Europeia (UE) e do Espaço Schengen, que continua limitado a “viagens essenciais” e sujeito a teste prévio negativo à covid-19.

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×