16/5/21
 
 
Presidenciais. Voto vai ser recolhido em lares, mas idosos precisam de se inscrever antes

Presidenciais. Voto vai ser recolhido em lares, mas idosos precisam de se inscrever antes

Mafalda Gomes Jornal i 14/01/2021 17:06

Idosos residentes em lares "estão equiparados a confinados para efeitos do exercício de voto".

Os idosos que vivam em Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) vão poder votar para as presidenciais na instituição onde residem, mas necessitam de se inscrever na plataforma do voto antecipado até 17 de janeiro.

O anúncio foi feito pelo Governo esta quinta-feira. Em conferência de imprensa, o secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, explicou que os idosos residentes em lares "estão equiparados a confinados para efeitos do exercício de voto".

"Não é que elas estejam confinadas, mas para efeitos de direito de voto passam a ser considerados confinados e isso significa que vão poder votar nos mesmos moldes daqueles que estão verdadeiramente confinados e, portanto, significa que podem votar no sítio onde estão a viver habitualmente", disse.

O governante destacou que esta é mais uma oportunidade, além das já existentes, de os idosos poderem votar. Uma outra opção é o voto antecipado em mobilidade, no dia 17 de janeiro, ou no dia 24 de janeiro, como qualquer outro cidadão.

Já Catarina Marcelino, vice-presidente do Instituto de Segurança Social (ISS), explicou que as pessoas idosas que prefiram a opção de recolha de voto na instituição "têm de se inscrever na mesma na plataforma".

"Elas têm de se inscrever para votar e essa inscrição é uma inscrição que, estou certa, as instituições vão ajudar a fazer", disse.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×