24/1/21
 
 
Receita. Sopa verde

Receita. Sopa verde

Dreamstime Chef Sílvia Ferreira-Campos 30/12/2020 11:41

O mais caprichoso dos vegetais... e sempre relutante em demonstrar o seu melhor lado!

Nabos ou nabiças...não conheço ninguém que realmente morra de amores por eles, e eu também. Estão sempre associados a um sabor amargo e ligeiramente picante, temos de admitir que sim.

Mas são lindos e isso é inegável. Na semana passada estive no mercado e não resisti.

Normalmente ficam na categoria de raízes vegetais, como a batata e a beterraba.

Mas o nabo é, na verdade, um primo do brócolo, da couve-de-bruxelas, da rúcula e da couve, e é pré-histórico. Sabia?

Para além de diversos benefícios para a saúde, oferecem uma série de nutrientes e benefícios para a saúde. Alguns dos meus favoritos para esta estação são:

1) São ricos em vitamina C;

2) Alto teor de água na sua composição, por isso hidratam o corpo, o que é importante, já que muitos de nós acabamos por beber menos água nesta época;

3) Além de serem pobres em calorias, são alimentos ricos em fibras, demoram mais tempo a ser processados e aumentam a sensação de saciedade, adiando a vontade da próxima refeição – e, nesta altura, todos sabemos que precisamos de um certo equilíbrio.

Estão na minha lista de ingredientes da raiz ao caule e, por isso, nada se desperdiça. Antes de torcer o nariz, recomendo mesmo que vá ao mercado, compre e faça uma sopa. Não só vai gostar como irá contribuir para os produtores locais.

Os nabos que usei aqui foram comprados no mercado da Praça de São Paulo, perto do Cais do Sodré.

SOPA VERDE

Ingredientes

1 cebola

Alho-francês, a parte branca

2 dentes de alho laminados

2 nabos, bem lavados e cortados em cubos

1 batata-doce, descascada e cortada em cubos (opcional)

1 cenoura

1 talo de aipo

3 mãos-cheias de nabiças bem lavadas (remova os talos)

1 fio generoso de azeite

Método

Num tacho coloque o azeite e salteie a cebola, o alho-francês e o alho até ficarem translúcidos. Tempere com sal dos Himalaias e pimenta de moinho.

Adicione 750 ml de água, a cenoura e o aipo. Deixe ferver e acrescente a batata-doce e os nabos. Deixe cozinhar até cozer (não deverá ser necessário mais de 15 minutos).

Entretanto prepare um tacho com água a ferver. Coloque uma colher de chá de bicarbonato e escalde as nabiças (3 minutos são suficientes). Retire e passe por água fria (depois pode acrescentar ao tacho com o caldo).

Passe no processador até ficar cremoso (adicione mais água se quiser uma consistência mais líquida).

Sirva temperada com azeite, sal, limão, flocos de caiena ou o que lhe apetecer. É Natal e ninguém leva a mal...

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×