24/1/21
 
 
Ator francês Claude Brasseur morreu aos 84 anos

Ator francês Claude Brasseur morreu aos 84 anos

Jornal i 22/12/2020 18:04

Participou em mais de 100 filmes e ainda protagonizou o filme português “O Fio do Horizonte” de Fernando Lopes. O último filme no qual participou foi "Assim Não Vais Longe" em 2018.

“Claude Brasseur morreu em paz e serenidade cercado pela sua família. Ele não foi vítima do Covid”. O ator morreu nesta terça-feira, aos 84 anos, e será enterrado no cemitério Père-Lachaise em Paris com todas as regras sanitárias necessárias, “e irá descansar ao lado de seu pai [o ator Pierre Brasseur]”, disse Elisabeth Tanner, da agência Time Art à AFP.

Filho de dois atores, Pierre Brasseur e Odette Joyeux, e ainda pai de Alexandre que também seguiu os passos da família. Ao falar com a AFP, Alexandre relembra-se do pai “com o olhar vivo e o sorriso que o tornava imediatamente simpático, era popular e versátil, à vontade tanto em filmes policiais como de comédia”.

Com mais de 60 anos de carreira, Claude Brasseur recebeu dois César – um de Melhor Ator Secundário com o papel desempenhado na comédia “As Belas Mulheres dos Outros” e outro de Melhor Ator pelo papel no “Guerra entre Polícias”.

O seu trabalho atravessou várias gerações do cinema francês, tendo integrado o elenco de filmes como “Olhos Sem Rosto”, de Georges Franju, ao lado do pai, Pierre, “Uma Mulher sem Freio”, de Roger Vadim, “Escândalo de Primeira Página”, de André Téchiné, e ainda muitos mais.

O último filme em que participou foi no “Assim Não Vais Longe” de Franck Dubosc, em 2018.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×