6/3/21
 
 
22 de dezembro de 1970. Dr. Janov quis prender Lennon na infância

22 de dezembro de 1970. Dr. Janov quis prender Lennon na infância

Afonso de Melo 22/12/2020 08:34

De repente, um psiquiatra de Los Angeles veio a público explicar o misterioso desaparecimento de John Lennon e Yoko Ono durante seis meses. Tinham sido sujeitos a uma experiência especial.

“What have I become now?/ Looking through your phone now, oh no/ Love to you is just a game/ Look what I have done now/ Dialling up the numbers on you/ I don’t want my heart to break”. Em dezembro de 1970, a vida de John Lennon estava cheia de perguntas por responder. Uma delas valeu uma letra pungente na música How Do You Sleep?, trazida a público no ano seguinte no álbum Imagine. Mas também havia muitas perguntas sem resposta ao redor da vida de Lennon e não eram colocadas por ele próprio.

Um médico de Los Angeles surgiu do nada, de um dia para o outro, a encher páginas de jornais com declarações sobre John e Yoko Ono. Psiquiatra de vocação, o fulano revelou à imprensa que o casal o tinha procurado na sua clínica e que se fechara nela durante seis meses, exigindo a ausência de qualquer contacto com o exterior. No fundo, acabou por trazer luz sobre o mistério do súbito desaparecimento de Lennon, profundamente marcado por todo o processo levado a tribunal por Paul McCartney e que serviu para dissolver os Beatles como sociedade comercial.

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×