27/7/21
 
 
Camionistas britânicos proibidos de levar sandes de fiambre e queijo para a UE

Camionistas britânicos proibidos de levar sandes de fiambre e queijo para a UE

AFP Jornal i 18/12/2020 19:35

A partir de 1 de janeiro, os camionistas ficam proibidos de transportar produtos de carne ou lácteos do Reino Unido para dentro da União Europeia, mesmo que sejam para consumo próprio.

É uma das medidas de um plano de regulação de biosegurança, que proíbe o transporte de produtos de origem animal, bem como algumas plantas e produtos vegetais, para dentro da União Europeia.

A partir das 23h do dia 31 de dezembro, todos os camionistas, e turistas também, que sejam apanhados com estes produtos serão obrigados a desfazer-se deles antes de cruzar a fronteira para o continente europeu. O transporte de chocolates e doces mantém-se ainda assim permitido.

A norma nasce do Departamento para o Ambiente, Comida e Assuntos Rurais britânico, que realizou uma extensa guia para o transporte de mercadorias entre o Reino Unido e a Europa, a partir do 1 de janeiro de 2021, quer haja ou não acordo para o Brexit.

Esta medida vem agravar-se com as colossais filas de trânsito que se começam a fazer sentir em Kent e Calais. À medida que se aproxima o fim do ano, e, por consequência, o fim da possibilidade de realizar um acordo para o Brexit, as empresas correm a conseguir realizar as últimas entregas dentro do contexto europeu.

“Bens pessoais contendo carne, leite ou derivados trazidos para a UE continuam a representar uma ameaça real para a saúde animal em toda a união. Sabe-se, por exemplo, que patógenos perigosos que causam doenças animais como a febre aftosa e a peste suína clássica podem residir na carne, no leite ou derivados”, disse a Comissão Europeia.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×