28/1/21
 
 
Rei sueco diz que batalha do país contra o novo coronavírus "falhou"

Rei sueco diz que batalha do país contra o novo coronavírus "falhou"

Jornal i 17/12/2020 12:22

Carlos XVI Gustavo referiu ainda que 2020 foi um ano "terrível".

A Suécia tem sido alvo de curiosos e críticos pela forma como tem lidado com a pandemia da Covid-19, sem a obrigatoriedade de máscaras nem medidas específicas de combate, mas sim sugestões e guias de comportamento para evitar o novo coronavírus.

O rei sueco participou num programa televisivo anual da coroa da Suécia, que faz um resumo do ano. Nele, Carlos XVI Gustavo disse achar que “falharam” no combate à pandemia. “Temos um grande número de pessoas que morreram, e isso é terrível”, disse, referindo-se aos mais de 7.800 mortos que se contam desde o início da pandemia no país, que conta com 350 mil casos confirmados.

"O povo da Suécia tem sofrido tremendamente em condições difíceis. Pensa-se em todos os membros da família que por acaso não conseguem despedir-se dos seus familiares falecidos. Acho que é uma experiência difícil e traumática não ser capaz de dizer um adeus caloroso.”, referiu ainda o monarca.

Contando já com 74 anos, Carlos XVI Gustavo refere que “ultimamente”, tem tido mais medo de se infetar com o novo coronavírus. “Tem-se aproximado lentamente, cada vez mais. E isso é o que não se quer”, referiu.

A Suécia decidiu apostar no “bom senso” dos seus cidadãos e na sua responsabilidade social e pessoal, não aplicando sanções legais no caso de serem ignoradas as recomendações de proteção. O país nunca entrou em confinamento nacional, e os estabelecimentos comerciais mantiveram-se, na maioria das situações, abertos.  Algumas indicações são, ainda assim, mais severas, como a limitação de aglomerações na via pública a oito pessoas.

A Suécia tem neste momento uma das maiores taxas de mortes por Covid-19 per capita, e 90% destas mortes são em pessoas com 70 ou mais anos de idade. O primeiro-ministro sueco, Stefan Lovfen, referiu que os profissionais "não esperavam" este aumento exponencial de casos e preveram uma realidade diferente, numa entrevista ao jornal Aftonbladet.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×