14/4/21
 
 
Líder de filial indonésia da Al Qaeda detido

Líder de filial indonésia da Al Qaeda detido

AFP Jornal i 13/12/2020 21:02

Aris Sumarsono, líder militar da Jemaah Islamiyah, considerado o arquiteto dos atentados de Bali, em 2002, foi detido a semana passada, na ilha de Sumatra. 

A polícia indonésia deteve Aris Sumarsono, de 57 anos, mais conhecido como Zulkarnaen, líder militar Jemaah Islamiyah (JI), um grupo jiadista ligado à Al Qaeda. Zulkarnaen é suspeito de ter fabricado os explosivos usados em diversos atentados, incluindo os atentados em Bali, em 2002, que mataram mais de duzentas pessoas, entre as quais dezenas de turistas australianos e britânicos.  

Zulkarnaen, um biólogo que foi dos primeiros indonésios a viajar para o Afeganistão, estava em fuga há quase 18 anos, e foi capturado em Lampung, na ilha de Sumatra, na quinta-feira, sem resistir à detenção, anunciaram sábado as autoridades indonésias.

Durante anos, após subir à ribalta com o ataque de Bali, Zulkarnaen foi suspeito de liderar o Laskar Khos, uma espécie de forças especiais da Jemaah Islamiyah, encarregues de planear atentados e compostas por veteranos da guerra no Afeganistão e Filipinas.

Na década seguinte, o grupo foi esmagado pelas autoridades indonésias, com apoio dos EUA e da Austrália. Contudo, nos últimos anos, foram substituídos por uma nova ameaça, com o regresso ao país de militantes afiliados ao Estado Islâmico, vindos da Síria e Iraque.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×