6/3/21
 
 
“Europa avança”. Bazuca recebe finalmente luz verde

“Europa avança”. Bazuca recebe finalmente luz verde

Jornal i 10/12/2020 19:58

Depois de três semanas de impasse, devido ao veto da Hungria e da Polónia, os dois estados-membros recuaram.

“A Europa avança! 1,8 mil milhões de euros para impulsionar a nossa recuperação e construir uma União Europeia (UE) mais resiliente, verde e digital”, foi desta forma que Ursula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, reagiu ao facto de, ao final da tarde desta quinta-feira, os chefes de Estado e de Governo da União Europeia terem fechado um acordo em torno do quadro orçamental até 2027 e do Fundo de Recuperação.

O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel através da sua conta do Twitter. “Acordo sobre o Quadro Financeiro Plurianual e o Pacote de Recuperação ‘NextGenerationEU’. Agora podemos começar a implementar e construir de novo as nossas economias. O nosso histórico pacote de recuperação irá impulsionar as transições verdes e digitais”, escreveu.

Recorde-se que este acordo esteve num impasse devido ao bloqueio da Hungria e da Polónia, tendo até esta semana recebido pressão por parte da Alemanha. Budapeste e Varsóvia mantinham o veto, pois rejeitavam o mecanismo que condiciona o acesso aos fundos comunitários ao respeito pelo Estado de direito (que pressupõe unanimidade).

Caso não existisse desbloqueio, ficariam em causa todo o apoio financeiro atribuído por Bruxelas aos 27 Estados-membros, a partir de janeiro de 2021. 

Recorde-se ainda que Portugal tem direito a 30 mil milhões de euros do orçamento europeu para os próximos sete anos, a que se somam ainda mais 15,3 mil milhões de euros em subvenções do Fundo de Recuperação. A famosa bazuca que o executivo de António Costa (e os restantes países europeus) considera “urgente” para ultrapassar a crise económica acentuada pela pandemia.

Ainda na manhã desta quinta-feira António Costa garantiu estar confiante de que o desbloqueio aconteceria. “Hoje estou mais otimista do que estava ontem, mas, como sabemos, nestes conselhos é melhor não fazer muitos prognósticos antes do fim do jogo. Mas acho que podemos todos ter confiança de que tudo se encaminha para termos um bom desfecho”, disse em Bruxelas.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×