17/5/21
 
 
Morreu o ensaísta Eduardo Lourenço

Morreu o ensaísta Eduardo Lourenço

Jornal i 01/12/2020 09:51

Ensaísta morreu esta terça-feira aos 97 anos

Eduardo Lourenço morreu esta terça-feira aos 97 anos, em Lisboa, avançou fonte da Presidência da República à agência Lusa.

Eduardo Lourenço foi professor, filósofo, escritor, literário, ensaísta, interventor cívico e já tinha sido várias vezes distinguido por ser um dos mais notáveis pensadores da cultura em Portugal.

Eduardo Lourenço iniciou os seus estudos na Universidade de Coimbra, em 1946, onde se licenciou em Ciências Histórico-Filosóficas, tendo continuado o seu percurso na Universidade como assistente e como autor. 

Foi professor nas mais variadas universidades europeias, em cidades como Hamburgo, Heidelberg, Montpellier, Grenoble e Nice, onde acabaria por ficar a viver durante largos anos. Leccionou ainda na Universidade Federal da Bahia, no Brasil.

Ocupou também, a partir de 1989, o cargo de conselheiro cultural junto da Embaixada Portuguesa em Roma, até 1991. Deste 1999 que era administrador não executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Em 2016, Eduardo Lourenço foi designado Conselheiro de Estado, pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa.

Importante é mencionar ainda a criação do Prémio Eduardo Lourenço, criado em sua homenagem pelo Centro de Estudos Ibéricos, e que se dedica, desde 2005, a agraciar entidades que levem a cabo atividades relevantes para o mundo da cultura, da cidadania e da cooperação ibérica.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×