29/7/21
 
 
"O Metropolitano de Lisboa prevê circular com o habitual horário de fim de semana e feriados"

"O Metropolitano de Lisboa prevê circular com o habitual horário de fim de semana e feriados"

Ana Antunes Maria Moreira Rato e Pedro Almeida 27/11/2020 12:37

Num email enviado ao SOL, a empresa esclareceu que "continuará a monitorizar e a acompanhar ativamente o evoluir da procura, adaptando a sua oferta à mesma".

Neste fim de semana, no próximo (dias 4 e 5 de dezembro) e nos feriados dos dias 1 e 8 de dezembro, "o Metropolitano  de Lisboa prevê continuar a circular com o habitual horário de fim de semana e feriados", como avançou ao SOL. Naquilo que diz respeito aos dias em que foi decretada a tolerância de ponto - 30 de novembro e 7 de dezembro -, implementará a oferta normal dos dias úteis.

"​Contudo, a empresa continuará, como habitualmente, a monitorizar e a acompanhar ativamente o evoluir da procura, adaptando a sua oferta à mesma, bem como adotando as restantes medidas que, a cada momento, se vierem a considerar necessárias para garantir  as melhores condições de transporte, saúde e segurança aos seus clientes", pode ler-se no e-mail em que a empresa esclareceu o modo de atuação nesta fase do estado de emergência.

É de sublinhar que o Metropolitano de Lisboa registou, em 2019, prejuízos de 16,8 milhões de euros, uma melhoria face aos 27,8 milhões de euros negativos de 2018, segundo o relatório da empresa, publicado pela CMVM. No ano passado, 173 milhões de passageiros viajaram neste transporte público, o que representa um crescimento de 9% em relação a 2018. O volume de negócios do grupo atingiu os 118,8 milhões de euros, sendo que este crescimento situa-se no valor de 3,7% em termos homólogos, indicou a empresa, que registou uma queda na compra de títulos ocasionais, de 8,1%, “causados, na sua maioria pela transferência da sua utilização para os passes face aos preços mais atractivos para os clientes”.

Recorde-se que, na passada terça-feira, a Rede Expressos anunciou que, "cumprindo a resolução do Conselho de Ministros, decidiu suspender a atividade nos próximos dois fins de semana perante a impossibilidade de haver deslocações entre concelhos”. Em causa estão as limitações impostas pelo novo Estado de Emergência, que impede a circulação entre concelhos entre as 23h de 27 de novembro e as 05h de 2 de dezembro, bem como as 23h de 4 de dezembro e as 05h de 9 de dezembro. Nos fins de semana e feriados, existe ainda um recolher obrigatório a partir das 13h. Em suma, o transporte da Rede Expresso estará interrompido entre 28 de novembro e 1 de dezembro e entre 5 e 8 de dezembro.

 

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×