19/1/21
 
 
Apoios. Pirotécnicos acusam Governo de "ignorar" setor

Apoios. Pirotécnicos acusam Governo de "ignorar" setor

Mafalda Gomes Jornal i 25/11/2020 21:10

“Inexplicavelmente, o setor da pirotecnia nacional foi mais uma vez esquecido", pode ser lido em comunicado.

A Associação Nacional de Empresas de Produtos Explosivos (ANEPE) acusou o Governo de “ignorar” o setor da pirotecnia, ao deixá-lo de fora dos novos apoios aos setores mais afetados pela pandemia, estando a ponderar partir para novas formas de luta. “Inexplicavelmente, o setor da pirotecnia nacional foi mais uma vez esquecido, tal como o tem sido inúmeras vezes por este Governo”, referiu em comunicado.

A ANEPE referiu-se à  portaria n.º 271-A/2020, publicada na terça-feira para regulamentar o programa Apoiar.pt. Este não contempla o setor da fabricação de explosivos e artigos  de pirotecnia na lista  de CAE (Código de Atividade Económica).

“O menosprezo, incompreensão e negligência ao setor da pirotecnia por parte do Governo, corroborado por esta incompreensível preterição, causou uma onda de indignação, descontentamento e desmoralização das empresas pirotécnicas, que se sentem completamente esquecidas”. Sublinhe-se a existência do Fogo Preso - Movimento de Apoio à Sobrevivência da Pirotecnia Portuguesa, “porque a pirotecnia portuguesa sem qualquer avaliação técnica e científica fundamentadas tem sido aprisionada”.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×