19/1/21
 
 
Espanha quer limitar jantares de Natal a seis pessoas e impor recolher obrigatório no Natal e Ano Novo

Espanha quer limitar jantares de Natal a seis pessoas e impor recolher obrigatório no Natal e Ano Novo

AFP Jornal i 24/11/2020 16:51

Seis pessoas no máximo nos jantares de Natal, bem como um “toque de recolher” nos dias 24 e 31 de dezembro, à uma da manhã. Estas são as duas medidas da proposta do Governo espanhol para a época natalícia no país.

O Governo espanhol propôs esta terça-feira limitar os convívios no Natal e Ano Novo, não impondo ainda assim confinamentos territoriais, deixando essa opção às comunidades autónomas.

Seis pessoas no máximo nos jantares de Natal, bem como um “toque de recolher” nos dias 24 e 31 de dezembro, à uma da manhã. Estas são as duas medidas da proposta do Governo espanhol para a época natalícia no país.

“Nas reuniões familiares, é recomendado limitar a participação aos membros do mesmo agregado familiar. No caso de existir algum membro externo com quem não convivam habitualmente, as reuniões serão de até um máximo de seis pessoas, devendo garantir as medidas de prevenção, independentemente de se são familiares ou não”, pode-se ler no documento.

As medidas de prevenção, recomenda o Governo espanhol, são os chamados “seis M”: máscara (uso de máscara sempre que possível), mãos (lavagem frequente de mãos), metros (manutenção da distância de segurança), maximizar ventilação e atividades ao ar livre (manter as janelas e portas abertas na medida do possível), minimizar o número de contactos (preferivelmente sendo sempre os mesmos) e “mantenho-me em casa se tenho algum sintoma, diagnóstico ou contacto”.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×