19/1/21
 
 
CP conclui remoção de amianto de carruagens compradas a Espanha

CP conclui remoção de amianto de carruagens compradas a Espanha

Jornal i 23/11/2020 19:28

Conclusão dos trabalhos estava apenas marcada para a primeira semana de dezembro.

A operação de remoção do amianto em 36 carruagens compradas à empresa espanhola Renfe terminou antes da data inicialmente prevista. De acordo com a CP - Comboios de Portugal, a finalização deste procedimento estava marcada para a primeira semana de dezembro, mas os trabalhos acabaram por ficar concluídos mais cedo.

No total, foram 51 carruagens compradas a Espanha, por 1,65 milhões de euros, mas as primeiras três vão estar prontas para circulação já no final do mês de janeiro, mal estejam concluídos os trabalhos de remodelação e reparação que estão a realizar-se na oficina da CP em Guifões, Matosinhos - prevê-se que todas as carruagens estejam prontas a circular até ao final de 2022. Há atualmente obras a decorrer no troço Viana do Castelo - Valença para que as carruagens possam circular devidamente na linha do Minho.

Recorde-se que, em setembro, 12 das 36 carruagens já se encontravam com os trabalhos finalizados no que toca à remoção do amianto. “A empresa que está a realizar esse trabalho de descontaminação é certificada e autorizada pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT). A descontaminação está a ser efetuada em área perfeitamente segregada da Oficina de Reparação de Material Circulante e todas as carruagens são previamente confinadas”, esclareceu, em setembro, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, acrescentando que, após descontaminação, é emitido “um relatório de medição da concentração de fibras em suspensão no ar por um laboratório especializado no controlo de fibras”.

Além das carruagens, sete locomotivas fazem também parte do futuro da linha do Minho, recorde-se, com três das quais a receberem ainda trabalhos de recuperação atualmente - as restantes quatro já estão totalmente recuperadas.

“O restante calendário de reparação do parque de 21 locomotivas 2600, necessárias para tracionar as carruagens, prevê a disponibilidade de cinco locomotivas por ano em 2021 e 2022. A reparação das restantes quatro locomotivas será realizada em 2023”, pode ler-se na nota divulgada.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×