1/12/20
 
 
Sete mortos após detenção de candidato à presidência do Uganda

Sete mortos após detenção de candidato à presidência do Uganda

AFP Jornal i 19/11/2020 15:37

As manifestações abalaram várias cidades de Uganda após a prisão de Robert Kyangulanyi, mais conhecido pelo seu nome artístico Bobi Wine, que concorre contra Yoweri Museveni, 76 anos, e Presidente do Uganda desde 1986, nas eleições gerais de janeiro próximo.

Pelo menos sete pessoas morreram na capital do Uganda, Kampala, nos confrontos violentos entre as forças de segurança e os apoiantes do candidato presidencial Bobi Wine às eleições de 2021, adiantou a polícia.

"Até à noite passada, sete pessoas morreram devido à violência. Cerca de 45 pessoas ficaram feridas", disse o porta-voz da polícia Fred Enanga.

Enanga acusou o partido de Wine, o National Unity Platform (NUP), de usar a violência como ferramenta na campanha eleitoral.

O NUP "não tem controle sobre esses manifestantes. Eles não têm a capacidade de restaurar uma situação que ficou fora de controle e, ainda assim, estão a promover a violência. Isso é inaceitável", disse o porta-voz em declarações à televisão estatal Uganda Broadcasting Corporation (UBC).

As manifestações abalaram várias cidades de Uganda após a prisão de Robert Kyangulanyi, mais conhecido pelo seu nome artístico Bobi Wine, que concorre contra Yoweri Museveni, 76 anos, e Presidente do Uganda desde 1986, nas eleições gerais de janeiro próximo.

As autoridades do Uganda acusaram Wine de violar as restrições impostas para evitar a propagação da pandemia covid-19, permitindo que os seus apoiantes se reunissem durante a campanha eleitoral.

Wine, 38 anos, continua sob custódia policial e, de acordo com um comunicado oficial da polícia, "pode ser acusado de conduta negligente, incitação à violência e realização de manifestações não autorizadas".

 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×