1/12/20
 
 
Receita: Salada de outono inspirada no mercado

Receita: Salada de outono inspirada no mercado

Chef Sílvia Ferreira-Campos 18/11/2020 20:45

No sábado fui ao Mercado da Ribeira. Adoro a ideia de ver este lado do mercado cheio, pessoas a irem ao mercado pelo mercado. É quase, quase como antigamente.

Mas estou aqui para falar de comida. Aliás, depois de comer e de cozinhar, é o que mais gosto de fazer: falar de comida...

Sempre que se fala em saladas vem à mente o verão, alface, ingredientes frescos.

Pois nem só de verão vivem as saladas ou nem só de saladas vive o verão, não interessa. Eu sei que pode parecer estranho falar de saladas quentes...

Mas posso assegurar que são boas, muito boas. Ricas de sabor, podem encher as medidas até daqueles que normalmente torcem o nariz. Os meus filhos são sempre os meus principais críticos.

O Diego tem dez e gostou, a Bárbara tem 20 e, apesar não ser uma grande fã de beringela, tem comido e usado cada vez mais. Desde que está nesta aventura de não comer carne, diz que “a beringela tem sempre aquela textura semelhante à carne”.

Esta salada tem tudo para ser a salada quente de outono. É simples como tudo aquilo de que gosto, mas carregada de sabor e absolutamente indulgente. E a beringela, que para mim é um dos ingredientes de eleição, e até está na lista dos alimentos saudáveis ​​e com densidade nutricional, é conhecida como um substituto comum de baixo teor de carboidratos.

No entanto, deve tomar-se algum cuidado pois pertence à família das solanáceas, que são plantas herbáceas, e pode ser potencialmente perigosa devido aos elevados níveis de toxicidade.

Mas, para já, falemos apenas de coisas boas. O aiurveda diz que devemos comer comidas da terra, quentes e nutritivas, para nos mantermos aconchegados. E o que é da vida sem uma alma aconchegada?

Todos os produtos frescos aqui usados são do mercado.

Salada Quente de Outono

Ingredientes

2 beringelas
1 batata-doce média
2 dentes de alho preto
Sal dos Himalaias
1 mão-cheia de coentros
Algumas folhas de hortelã a gosto
Azeite a gosto (para mim, quanto mais melhor)
1 mão-cheia de arandos
Sumo de 1 limão
Pimenta-rosa fresca
1 malagueta

Método

Preaqueça o forno a 180 graus.

Lave bem a beringela e a batata-doce, seque e corte às rodelas. À parte prepare o azeite, alho preto, pimenta-preta de moinho e sal e envolva bem.

De seguida disponha num tabuleiro e leve ao forno por sensivelmente 25 a 30 minutos. Eu gosto da beringela a “fugir” para o queimado – fica crocante e com aquele smokiness que atribui mais sabor.

Entretanto pique os coentros e a hortelã, junte os arandos e uma malagueta estupidamente picante (só se quiser, claro).

Tempere com azeite, limão, sal e pimenta-rosa e deixe esta marinada descansar 10 minutos.

Retire os vegetais do forno, envolva na marinada enquanto estiverem quentes, para absorverem todos os sabores, e sirva com mais folhas frescas.

Pode usar tomate ou romã, que também fica deliciosa, e até finalizar com queijo fresco ou iogurte grego – o que o fizer mais feliz.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×