15/1/21
 
 
Áustria vai aplicar prisão preventiva para 'jihadistas'

Áustria vai aplicar prisão preventiva para 'jihadistas'

Jornal i 11/11/2020 17:11

Vai ser também estabelecido um registo dos imãs e um fundo de indemnização às vítimas do terrorismo neste país de 8,9 milhões de habitantes, que durante um longo período não registou qualquer ação 'jihadista'.

A Áustria vai aplicar a prisão preventiva ou uma vigilância eletrónica para os 'jihadistas' presentes no seu território em resposta ao atentado da semana passada, anunciou o chanceler Sebastian Kurz.

"Enquanto não forem desradicalizados e mesmo que tenham cumprido a sua pena, vamos criar a possibilidade de encerrar essas pessoas para proteger a população", declarou o chanceler conservador em declarações aos 'media' à saída do conselho de ministros.

"Para os que acabam de ser libertados, existirá uma vigilância eletrónica. É uma forte ingerência, mas na minha perspetiva trata-se de uma etapa necessária para minimizar a ameaça que existe sobre a nossa população", acrescentou.

No entanto, Kurz não precisou em que circunstâncias será decidido aplicar a detenção preventiva em alternativa à vigilância eletrónica.

Vai ser também estabelecido um registo dos imãs e um fundo de indemnização às vítimas do terrorismo neste país de 8,9 milhões de habitantes, que durante um longo período não registou qualquer ação 'jihadista'.

Por fim, será disponibilizada na Internet uma plataforma de sinalização das atividades 'jihadistas'.

O conjunto destas reformas serão discutidas no início de dezembro no parlamento austríaco, com o Governo a prometer o respeito pela Constituição e os direitos fundamentais.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×