1/12/20
 
 
Cargueiro português destrói navio militar grego em acidente no Mediterrâneo

Cargueiro português destrói navio militar grego em acidente no Mediterrâneo

AFP Jornal i 28/10/2020 17:41

Capitão polaco do porta-contentores português foi acusado de ter provocado o acidente de forma negligente.

Um cargueiro português colidiu com navio militar grego ao largo do Pireu, o porto junto a Atenas, na Grécia. Dois membros da tripulação da embarcação grega ficaram feridos embora sem gravidade.

A tripulação foi interrogada pelas autoridades gregas e o comandante polaco do porta-contentores português foi acusado de ter provocado o acidente de forma negligente.

Segundo a imprensa internacional, os 27 marinheiros a bordo do navio Kallisto foram resgatados por barcos-patrulha da guarda costeira grega e os feridos foram levados para o hospital da Marinha em Atenas.

O porta-voz do Ministério da Marinha Mercante da Grécia disse, citado pela AFP, que o navio draga-minas sofreu graves danos na popa e foi rebocado para a base naval na ilha vizinha de Salamina. A embarcação não terá reparação possível.

A televisão pública ERT noticiou que o navio militar ficou "quase cortado ao meio" e que foram precisas "quase três horas" para o rebocar. "É um milagre que ninguém tenha morrido", disse o porta-voz do Governo Stelios Petsas ao Newsit. "Perguntamo-nos como foi possível o cargueiro bater e quase passar por cima do navio de guerra", acrescentou.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×