1/12/20
 
 
Vasco Cordeiro conquista terceiro e último mandato nos Açores

Vasco Cordeiro conquista terceiro e último mandato nos Açores

Sónia Peres Pinto 25/10/2020 21:27

O PS governa a região há 24 anos, tendo sido antecedido  pelo PSD que liderou os Açores entre 1976 e 1996. 

 

Vasco Cordeiro, atual presidente do Governo açoriano, venceu o terceiro e último mandato das eleições legislativas açorianas. Até ao fecho da edição ainda não se sabia se teria alcançado maioria absoluta - alcançada pela primeira vez em 2000 - mas tudo indicava que terá perdido.

No entanto, as projeções da Católica apontam para uma vitória com 46,4% dos votos, o que se traduz em 30 deputados no parlamento regional. Ainda assim, o diretor de campanha do PS/Açores aponta para uma “grande vitória” socialista.

Durante a campanha eleitoral, o candidato socialista garantia que o voto no partido representava um “rumo firme, sério e experiente” para superar a pandemia provocada pela covid-19.

De acordo com as mesmas projeções, o segundo partido mais votado terá sido o PSD, com 32% a 36% dos votos, seguido do CDS com 3% a 6%. O Chega reúne os mesmos valores, de 3% a 6%. Segue-se o Bloco de Esquerda, com 2% a 5%.O PAN reúne 2% a 3% dos votos, com CDU, IL e PPM a reunirem 1% a 2% das intenções de voto totais.

Em 2016, a abstenção nas eleições regionais açorianas atingiu 59,16%, superando o valor mais elevado até então neste tipo de sufrágios, 53,34% registados em 2008.

Recorde-se que o PS governa a região há 24 anos, tendo sido antecedido pelo PSD, que liderou o executivo regional entre 1976 e 1996.

Nas anteriores legislativas açorianas, o PS venceu com 46,4% dos votos, o que se traduziu em 30 mandatos no parlamento regional, contra 30,89% do segundo partido mais votado, o PSD, com 19 mandatos, e 7,1% do CDS-PP (quatro mandatos).

O BE, com 3,6%, obteve dois mandatos, a coligação PCP/PEV, com 2,6%, um, e o PPM, com 0,93% dos votos expressos, também um.

Para estas eleições estavam inscritos para votar um total de 228 999 eleitores e concorreram 13 forças políticas, para disputar os 57 lugares na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.Nas eleições regionais açorianas existe um círculo por cada uma das nove ilhas e um círculo regional de compensação, reunindo este os votos que não forem aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.

 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×