29/11/20
 
 
PJ faz buscas a organismos públicos por causa da declaração de impacto ambiental de aeroporto do Montijo

PJ faz buscas a organismos públicos por causa da declaração de impacto ambiental de aeroporto do Montijo

Jornal i 22/10/2020 15:42

Escritório de advogados da Grande Lisboa também terá sido alvo de buscas. Em causa estarão crimes de falsificação de documentos, abuso de poder e corrupção.

A Polícia Judiciária realizou, esta quinta-feira de manhã, buscas na Agência Portuguesa do Ambiente e no Instituto de Conservação da Natureza. Em causa está a declaração de impacto ambiental do futuro aeroporto do Montijo.

A notícia foi avançada pela revista Sábado, que dá conta de que um escritório de advogados da Grande Lisboa também foi alvo de buscas.

As buscas terão sido levados a acabo no âmbito de uma investigação de crimes de falsificação de documentos, abuso de poder e corrupção relacionadas com a declaração de impacto ambiental em relação ao aeroporto do Montijo.

Sublinhe-se que o documento foi emitido pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que deu luz verde ao projeto, em janeiro passado.

A declaração aprovava a transformação parcial da base militar do Montijo num aeroporto complementar que serviria a região de Lisboa. Mas obrigava a contrapartidas, como forma de compensação de eventuais danos ambientais, medidas de um valor que ascendia a cerca de 48 milhões de euros.

Assim que foi emitida, a declaração foi alvo de várias críticas e oito associações ambientais fizeram saber que iriam recorrer à justiça para travar o projeto.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×