25/11/20
 
 
Embalagens de bacalhau congelado na China com coronavírus

Embalagens de bacalhau congelado na China com coronavírus

Jornal i 19/10/2020 16:22

"Contacto com embalagens pode causar contágio", avisou o Centro Nacional de Prevenção e Controlo de Doenças da China.

Foram encontradas na China amostras ativas de coronavírus em embalagens de bacalhau congelado. Assim, o Centro Nacional de Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) já veio dizer que o contágio ao tocar neste tipo de superfícies é uma possibilidade, ainda que remota.

“É a primeira vez que o novo coronavírus surge isolado no exterior de alimentos congelados e que se confirma que o contacto com embalagens pode causar contágio”, relatou o CDC em comunicado, lembrando que o vírus pode sobreviver durante bastante tempo numa superfície congelada.

A descoberta foi feita através de uma investigação para apurar a origem de um surto que infetou 13 pessoas na cidade portuária chinesa de Qingdao. O surto, de acordo com o CDC, começou com dois estivadores do porto infetados com covid-19. Apesar de as autoridades chinesas ainda não terem divulgado a origem do bacalhau congelado onde foi encontrado o vírus, sabe-se que estes homens tocaram na carga em questão e depois foram para o hospital da cidade, onde o equipamento não terá sido desinfetado corretamente, acabando por infetar outros pacientes e profissionais de saúde.

As autoridades já pediram aos trabalhadores para, na utilização deste tipo de embalagens, evitarem o contacto direto com a pele e não tocar no rótulo antes de tirar a roupa de trabalho e higienizar as mãos como medida de precaução.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×