26/10/20
 
 
Merkel pede a alemães para que "fiquem em casa, sempre que possível"

Merkel pede a alemães para que "fiquem em casa, sempre que possível"

Jornal i 18/10/2020 17:51

A chancelar disse que esses sacrifícios devem ser feitos em interesse próprio e no interesse da sociedade para permitir que escolas e jardins de infância continuem abertos e para que a economia e os empregos não sejam mais afetados.

A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu no sábado aos alemães para que permaneçam em casa o máximo possível tendo em conta o aumento dos casos de contágio do coronavírus nos últimos três dias.

“Por favor, fiquem o máximo de tempo possível em casa e no lugar onde vivem. Eu sei que além de soar severo, representa um duro sacrifício”, disse a chanceler na sua habitual mensagem de vídeo de fim de semana.

Merkel apelou também para que os alemães reduzam o número de contactos com pessoas conhecidas "dentro e fora de casa”, e que sejam dispensadas “quaisquer viagens que não sejam estritamente necessárias”, e “qualquer festa que não seja estritamente necessária”.

A chancelar disse que esses sacrifícios devem ser feitos em interesse próprio e no interesse da sociedade para permitir que escolas e jardins de infância continuem abertos e para que a economia e os empregos não sejam mais afetados.

A Alemanha, de acordo com Merkel, está numa fase difícil da pandemia e as infeções estão a aumentar mais rápido do que na primavera.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×