26/10/20
 
 
Casas. Preços escapam à pandemia

Casas. Preços escapam à pandemia

Sónia Peres Pinto 18/10/2020 15:22

Valores continuam a subir no mercado nacional e responsáveis do setor dizem que não há ‘nenhum motivo para que haja uma desvalorização do património à semelhança do que aconteceu no período da troika’. 

 

Afinal, a queda do turismo e a própria pandemia estão a ter um efeito quase nulo no mercado imobiliário, que continua a apresentar preços pré-covid. Os números falam por si. Segundo os últimos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística, os preços dos casas imóveis aumentaram 7,8% no segundo trimestre de 2020. Ainda assim, verifica-se um crescimento homólogo 2,5% inferior ao registado nos primeiros três meses do ano (10,3%), com Portugal a registar a quinta maior subida de preços da União Europeia.

Uma tendência que não surpreende os responsáveis do setor. Ao SOL, Luís Lima garante que esta subida de valores «deve-se ao facto de não haver nenhuma justificação para que haja uma quebra de preços, no panorama de um mercado imobiliário que tem estado assente numa valorização progressiva e sustentável do seu património (em termos globais, pois nas principais cidades a escalada de preços foi mais rápida e descontrolada do que se desejaria, devido aos desequilíbrios que se registam entre a elevada procura e fraca oferta)». 

Leia aqui o artigo na íntegra.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×