26/10/20
 
 
Benfica denuncia episódio de racismo no futebol feminino

Benfica denuncia episódio de racismo no futebol feminino

Site SLB Jornal i 15/10/2020 14:39

Episódio ocorreu esta quarta-feira.

O Benfica denunciou, esta quinta-feira, um episódio de racismo para com a futebolista nigeriana Christy Ucheibe, no jogo de quarta-feira da meia-final da Taça de Portugal de futebol feminino, que decorreu na casa do Famalicão.

Através de uma nota partilhada no site oficial, o clube da Luz destacou o número de pessoas na bancada quando o futebol se disputa à porta fechada e questiona se “todas as pessoas que estiveram presentes na bancada do Campo n.º 1 do Centro de Estágio do FC Famalicão pertenceriam à organização do jogo e ao staff da equipa famalicense” e explica que o esclarecimento desta questão se torna urgente “pelas lamentáveis manifestações racistas" vindas dessa bancada e dirigidas à atleta Christy Ucheibe.

“É imperativo que este tipo de comportamento seja erradicado definitivamente na nossa sociedade e, em particular, nas bancadas de estádios e pavilhões. É inaceitável que continue a haver atos racistas e que os prevaricadores não sejam sempre punidos. Este é um sintoma da persistência de atraso civilizacional neste domínio, o qual há muito deveria ter sido colmatado", defende o clube, que manifestou solidariedade para com a jogadora e as colegas de equipa e garante que “continuará a contribuir ativamente para a supressão deste flagelo da nossa sociedade”.

Em declarações à agência Lusa, fonte oficial das ‘águias’, adiantou que “houve colegas de equipa muito incomodadas com a situação e chegaram a pensar abandonar o jogo, em protesto”.

O Benfica venceu o Famalicão por 2-1 e passou à final da competição.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×