25/10/20
 
 
Reino Unido aplica sanções à Bielorrússia

Reino Unido aplica sanções à Bielorrússia

Jornal i 29/09/2020 18:06

As sanções incluem proibição de viagens e congelamento de bens de oito indivíduos do regime bielorrusso, incluindo Alexander Lukashenko, o filho Victor Lukashenko e Igor Sergeenko, chefe de gabinete do Presidente. 

O Reino Unido anunciou sanções contra o Presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, o seu filho e membros do regime devido à repressão contra manifestantes naquele país. 

O Governo britânico disse que as sanções, impostas em conjunto com o Canadá, visam condenar violações dos direitos humanos de figuras da oposição, meios de comunicação e a população da Bielorrússia na sequência de eleições fraudulentas. 

Segundo o Governo de Boris Johnson, Lukashenko ignorou os apelos da comunidade internacional e recusou dialogar com a oposição, mantendo a repressão contra os manifestantes, centenas dos quais têm sido sujeitos a tortura e maus-tratos pela polícia. 

As sanções incluem proibição de viagens e congelamento de bens de oito indivíduos do regime bielorrusso, incluindo Alexander Lukashenko, o filho Victor Lukashenko e Igor Sergeenko, chefe de gabinete do Presidente. 

"Hoje, o Reino Unido e o Canadá enviaram uma mensagem clara, impondo sanções contra o regime violento e fraudulento de Alexander Lukashenko. Não aceitamos os resultados destas eleições fraudulentas. Nós responsabilizamos os responsáveis pela violência contra o povo bielorrusso e defendemos os nossos valores de democracia e direitos humanos", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab. 

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×