23/10/20
 
 
Governo do Iémen troca mais de mil prisioneiros com rebeldes

Governo do Iémen troca mais de mil prisioneiros com rebeldes

AFP Jornal i 27/09/2020 15:42

O governo iemenita, apoiado por uma coligação militar liderada pela Arábia Saudita, e os rebeldes Houthis, apoiados pelo Irão, concordaram com uma troca de cerca de 15.000 prisioneiros no total, no âmbito de um acordo de paz patrocinado pela ONU, alcançado na Suécia em 2018.

As partes envolvidas na guerra do Iémen concordaram com uma troca de mais de 1.000 prisioneiros durante conversações patrocinadas pela ONU na Suíça, confirmaram este sábado fontes governamentais e rebeldes.

O governo iemenita, apoiado por uma coligação militar liderada pela Arábia Saudita, e os rebeldes Houthis, apoiados pelo Irão, concordaram com uma troca de cerca de 15.000 prisioneiros no total, no âmbito de um acordo de paz patrocinado pela ONU, alcançado na Suécia em 2018.

Os dois lados trocaram esporadicamente prisioneiros desde então. A materializar-se o acordo alcançado este sábado, a libertação de quase onze centenas de lealistas e insurgentes representará a primeira troca em grande escala desde o início da guerra em 2014.

"Foi alcançado um acordo sobre a troca de 1.081 prisioneiros", disse à agência France Presse um membro da delegação governamental, que solicitou o anonimato.

O acordo, que deverá ser implementado em duas semanas, destina-se à libertação de "681 rebeldes e 400 membros das forças governamentais (e aliadas), incluindo 16 sauditas e quatro sudaneses", acrescentou a fonte.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×