23/10/20
 
 
Joe Biden acusa substituição no Supremo antes das eleições é "exercício de poder brutal"

Joe Biden acusa substituição no Supremo antes das eleições é "exercício de poder brutal"

Jornal i 21/09/2020 17:49

"É uma questão de poder. Pura e simplesmente", acusou o candidato à Casa Branca.

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, afirmou que substituir a juiza Ruth Bader Ginsburg no Supremo antes das eleições presidenciais é um "exercício de poder brutal" e apelou aos republicanos moderados para que respeitem as obrigações constitucionais.

No sábado, Biden já tinha defendido que deveria ser o próximo Presidente dos Estados Unidos, eleito em 3 de novembro, a escolher o substituto ou substituta da vaga deixada por Ginsburg, que morreu na sexta-feira, no Supremo.

O desejo do Presidente Donald Trump de substituir a juiza antes das eleições de 3 de novembro é "um exercício de poder político brutal", afirmou Joe Biden, numa intervenção em Filadélfia.

"É uma questão de poder. Pura e simplesmente", acrescentou Joe Biden.

"Se o Presidente Trump insiste em dar um nome, o Senado não deverá agir antes que os americanos possam escolher o seu próximo Presidente e o seu próximo Congresso", prosseguiu o antigo vice-presidente de Barack Obama, que lidera as sondagens nacionais para a corrida à Casa Branca.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×