26/10/20
 
 
Papa Francisco apela a uma distribuição "equitativa" de um medicamento contra o novo coronavírus

Papa Francisco apela a uma distribuição "equitativa" de um medicamento contra o novo coronavírus

AFP jornal i 19/09/2020 19:24

O Papa sublinhou ainda a importância do papel das empresas farmacêuticas e dos Governos na distribuição "equitativa" de medicamentos.

O Papa Francisco fez um apelo, este sábado, sobre a vacina estar disponível para toda a população mundial e não só para os países ricos e pede que exista uma distribuição "equitativa" de um medicamento contra o novo coronavírus quando este for encontrado. 

"A experiencia recente da pandemia, além de uma grande emergência sanitária em que já morreram quase um milhão de pessoas, está a transformar-se numa grave crise económica gerando pobres e famílias que não sabem como seguir em frente. Seria triste se a entrega da vacina desta prioridade aos mais ricos ou se essa vacina passasse a ser propriedade desta ou daquela nação, e não fosse para todos. Deve ser universal, para todos", disse o Papa, este sábado, durante uma audiência realizada com membros da fundação italiana Banco Farmacêutico. 

Francisco sublinhou que existem muitas "populações no mundo" que não "tem acesso a determinados medicamentos" e pediu que "a nível ético, se existe a possibilidade de tratar uma doença com um medicamento, tem de estar à disposição de todos, caso contrário cria-se uma injustiça. 

O Papa pediu ainda que não se crie uma situação de "indiferença" e defendeu "a globalização da cura" e sublinhou ainda a importância das empresas farmacêuticas na distribuição "equitativa" de medicamentos e dos Governos que "através de opções legislativas e financeiras, são chamados a construir um mundo mais justos, onde os pobres não sejam abandonados, ou pior, descartados". 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×