26/9/20
 
 
Mais de mil peregrinos judeus bloqueados na fronteira entre a Bielorrússia e a Ucrânia

Mais de mil peregrinos judeus bloqueados na fronteira entre a Bielorrússia e a Ucrânia

Jornal i 16/09/2020 19:01

Segundo a Cruz Vermelha da Bielorrússia, os peregrinos bloqueados, devido às restrições contra a covid-19, não têm meios para se manterem no local onde se encontram.

Mais de mil peregrinos judeus estão bloqueados na fronteira entre a Bielorrússia e a Ucrânia devido às restrições contra a propagação da covid-19 e os grupos continuam a chegar à zona, avisaram as autoridades dos dois países.

De acordo com as autoridades ucranianas e bielorrussas, os judeus hassídicos estão a chegar da França e do Reino Unido e esperam poder participar na peregrinação em Ouman, centro da Ucrânia, mas encontram-se bloqueados "na terra de ninguém" entre os dois Estados devido ao encerramento das fronteiras ucranianas.

Muitos peregrinos viajaram através da Bielorrússia convencidos de que podiam contornar as imposições sanitárias proclamadas por Kiev. 

Segundo a Cruz Vermelha da Bielorrússia, os peregrinos bloqueados em situação precária não têm meios para se manterem no local onde se encontram.

De acordo com os guardas da fronteira bielorrussos, pelo menos 1.064 cidadãos israelitas atravessaram a fronteira na segunda-feira, incluindo 242 crianças, em direção às barreiras ucranianas.

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×