1/12/20
 
 
Campeonato. Contagem decrescente ensombrada pela covid-19

Campeonato. Contagem decrescente ensombrada pela covid-19

Lusa/Pool Laura Ramires 15/09/2020 21:55

I Liga arranca na sexta-feira: Sporting-Gil Vicente dá que falar. Na II Liga já houve dois jogos adiados (Feirense -Chaves e o Académico de Viseu-Académica de Coimbra).

A Liga portuguesa vai regressar mas poderá não voltar a 100% – e já não falamos da ausência de público nas bancadas, garantida até pelo menos ao início de outubro. A primeira jornada do campeonato abre portas na sexta-feira, com o encontro inaugural da prova a acontecer entre Famalicão e Benfica – no mesmo dia, há o V.Guimarães-Belenenes SAD, que ganhou ainda mais destaque com a chegada de Ricardo Quaresma à Cidade Berço. Já no sábado, o Dragão será palco do cabeça-de-cartaz desta ronda inicial, com um prometedor FC Porto-Sp.Braga. Ainda antes da estreia do atual campeão nacional na Liga 2020/21, espera-se o Sporting-Gil Vicente, em Alvalade. Com as duas equipas a apresentarem vários jogadores infetados por covid-19, o adiamento da partida continua em cima da mesa. Apesar de a Liga de Clubes ter como meta primordial a realização do encontro na data prevista, a decisão final já foi colocada do lado da Direção-Geral da Saúde (DGS). No conjunto leonino são já 8 os infetados, nomeadamente sete jogadores e um elemento do staff (Borja, Nuno Santos, Rodrigo Fernandes, Luís Maximiano, Renan, Pedro Gonçalves e Gonçalo Inácio). Nuno Santos, Borja e Rodrigo Fernandes foram os primeiros jogadores a tomarem conhecimento que testaram positivo ao coronavírus, após os exames feitos na véspera do Troféu Cinco Violinos, que o Sporting ia discutir com o Nápoles, e que foi entretanto cancelado. Já na sequência dos exames feitos para o encontro de domingo, surgiram mais quatro casos: Max, Renan, Pedro Gonçalves e Gonçalo Inácio. Já os gilistas têm 15 casos, dez deles em jogadores (e mais cinco do staff).

De resto, os efeitos da pandemia de covid-19 já começaram a notar-se nas competições profissionais: na II Liga portuguesa houve já o adiamento de dois jogos neste fim de semana (Feirense-Desportivo Chaves e Ac. Viseu-Académica), ambos referentes à primeira ronda.

Aliás, a equipa do Chaves foi colocada em isolamento depois de quase ter iniciado a partida contra os fogaceiros. O plantel flaviense tem um total de sete elementos em isolamento, após ter registado quatro casos de covid-19 (dois jogadores e dois treinadores).

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte disse no sábado que o Desp. de Chaves organizou um jantar convívio com o plantel e equipa técnica “em pleno período de infecciosidade dos casos confirmados identificados” de covid-19. A ARS do Norte explicou que após articulação das autoridades de saúde local, regional e nacional, foi decidida a “determinação de medidas cautelares que inviabilizavam a participação do referido clube no jogo do campeonato de futebol”. Já o Ac. Viseu-Académica foi adiado após confirmação de três casos positivos no plantel viseense.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) já defendeu que é “imperativo” manter a aplicação da orientação de que um caso positivo não torna por si só obrigatório o isolamento coletivo das equipas, “sob pena de serem colocadas em causa as competições profissionais futebol na época 2020-21”.

À semelhança do que aconteceu na Liga das Nações, o jogo não deverá ficar em risco, com os casos detetados a serem colocados de imediato em isolamento. No regulamento da UEFA diz ainda que o jogo deverá realizar-se desde que determinada equipa tenha pelo menos 13 jogadores disponíveis, incluindo no mínimo um guarda-redes, com testes negativos.

Além dos casos mencionados, também o V. Guimarães informou ontem que há um caso positivo no plantel. O clube vimaranense revelou tratar-se do mais recente reforço, o angolano Nélson Luz, que não chegou a integrar os trabalhos da equipa orientada por Tiago Mendes. Já o Benfica havia anunciado no domingo que Svilar está infetado com o novo coronavírus. O nome do guarda-redes belga, de 21 anos, surgiu no boletim clínico dos encarnados, e foi baixa confirmada na partida dos encarnados para Salónica.

O jovem guardião já não viajou para a Grécia, onde, esta terça-feira, Jorge Jesus e companhia vão defrontar o PAOK de Abel Ferreira, na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões 2020/21.

início da época não está em risco “O Governo não avalia foras-de-jogo. O futebol não deverá querer avaliar questões de saúde pública”. Foi desta forma que o secretário de Estado da Saúde António Lacerda Sales reagiu ontem sobre o arranque da nova época, sublinhando que o Governo continuará “empenhado em permitir o regresso à normalidade possível das modalidades desportivas e do futebol”. Contudo, o governante lembrou que “o futebol não pode dar sinais contrários” face ao estado de contingência e que as autoridades “não abdicarão de usar todos os meios” para conter a pandemia do novo coronavírus.

O secretário de Estado disse que “existem normas e situações locais muito específicas, que funcionam de forma diferente”, lembrando que “no fim de semana, a condição em Viseu não seria igual a outros locais e regiões”.

Graça Freitas acrescentou que “as autoridades de saúde têm competências territoriais, mas se for preciso haverá soluções globais e reduzir o efeito de diferentes critérios”. “Não há um número a partir do qual se tomem decisões”, rematou a Diretora-geral da Saúde (DGS).

Lá fora, entre os principais campeonatos da Europa, destaque para o início da Liga inglesa, espanhola e francesa.

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone, testou positivo à covid-19, anunciou no fim de semana o clube, adiantando que o técnico argentino está assintomático. O At. Madrid vai defrontar o Sevilha na primeira jornada da La Liga, jogo adiado devido à participação das duas equipas nas fases finais das provas europeias. O clube da capital do país vizinho, onde alinha João Félix, tinha adiado na sexta-feira o estágio de pré-temporada devido ao caso positivo.

Porém, de notar que na Liga inglesa todos os desafios previstos para a primeira jornada ficaram integralmente cumpridos. Por sua vez, com três rondas disputadas, também a Liga francesa conseguiu até agora cumprir o calendário inicialmente estipulado.

Já a Liga alemã e italiana arrancam este fim de semana, sexta-feira e sábado, respetivamente.

 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×